Home | C. H. Spurgeon | Log out

Venha para o Metropolitan Tabernacle

SpurgeonTv

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Vencido pela Incredulidade - C. H. Spurgeon

/ On : 16:39/ SOLA SCRIPTURA - Se você crê somente naquilo que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta, não é no Evangelho que você crê,mas, sim, em si mesmo - AGOSTINHO.

Agora mesmo, verás se se cumprirá ou não a minha -palavra! Números 11.23

Deus prometeu a Moisés que Ele alimentaria aquela multidão no deserto com alimento para um mês inteiro. Moisés, vencido pela incredulidade, olhou para as circunstâncias exteriores e deixou de perceber como a promessa de Deus poderia ser cumprida. Ele olhou para a criatura e não para o Criador. O Criador espera que a criatura cumpra as promessas em lugar dEle?

Não, Aquele que fez a promessa, Ele mesmo a cumpriu por intermédio de sua onipotência. Se Deus fala alguma coisa, isso está feito. A promessa divina não depende da insignificante força do homem para que seja cumprida.

Podemos facilmente perceber o erro que Moisés cometeu. Apesar disso, quão freqüentemente cometemos esse mesmo erro! Deus prometeu suprir nossas necessidades; todavia, nós olhamos para as criaturas, a fim de que elas façam o que Ele prometeu. Então, depois de compreendermos que a criatura é frágil e incapaz, damos lugar à incredulidade. Por que nos preocupamos em olhar para os homens?

Por acaso, vamos ao topo dos Alpes para sentir o calor do verão? Viajaremos ao pólo Norte para colher frutos amadurecidos ao sol? Estas atitudes não constituem tolices maiores do que olhar para os fracos em busca de força e esperar que a criatura faça a obra do Criador.

A fé não se fundamenta em instrumentos visíveis para realizar a promessa. Pelo contrário, ela depende da plena suficiência do Deus invisível, que certamente fará aquilo que prometeu. Após perceber com clareza que a responsabilidade está com o Senhor, ousaremos ceder à incredulidade? A pergunta que Deus nos dirige com intenso vigor é esta: "Ter-se-ia encurtado a mão do SENHOR? Agora mesmo, verás se se cumprirá ou não a minha palavra!" (Números 11.23)

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails