Home | C. H. Spurgeon | Log out

Venha para o Metropolitan Tabernacle

SpurgeonTv

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Nunca Envergonhado – C. H. Spurgeon

/ On : 16:08/ SOLA SCRIPTURA - Se você crê somente naquilo que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta, não é no Evangelho que você crê,mas, sim, em si mesmo - AGOSTINHO.


Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus. (Mateus 10.32)

Que promessa graciosa! Para mim é uma grande alegria confessar o meu Senhor. Não importando quais sejam as minhas falhas, não me envergonho de proclamar as doutrinas de sua cruz. O Senhor, eu não tenho escondido a tua justiça em meu coração.

Estimulante é a cena que este versículo me apresenta! Amigos me abandonam, inimigos se exaltam, mas o Senhor não se recusa a reconhecer seu servo. Sem dúvida, meu Senhor me reconhecerá neste mundo e concederá novos sinais de sua consideração favorável . Mas virá o dia em que terei de comparecer diante do grande Deus.

Que alegria tenho em pensar que Jesus me confessará naquela ocasião! Ele dirá: "Este homem verdadeiramente confiou em mim e se mostrou disposto a ser desprezado por amor ao meu nome. Portanto, eu o reconheço como meu". Há alguns anos, a rainha da Inglaterra deu a um homem o mais nobre título de "cavalheiro" e colocou em seu braço uma insígnia cravejada de jóias.

Mas qual a importância disso diante das bênçãos do crente? Quando Jesus nos apresenta ante a Majestade divina no céu, isto será para nós uma honra superior a todas as outras. Nunca devo sentir-me envergonhado de pertencer ao meu Senhor. Jamais devo nutrir um silêncio covarde ou satisfazer um comprometimento por timidez. Eu me envergonharei de reconhecer Aquele que prometeu reconhecer-me diante de Deus?

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails