Home | C. H. Spurgeon | Log out

Venha para o Metropolitan Tabernacle

SpurgeonTv

sábado, 10 de dezembro de 2011

Bicho rastejante que és - C. H. Spurgeon

/ On : 14:26/ SOLA SCRIPTURA - Se você crê somente naquilo que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta, não é no Evangelho que você crê,mas, sim, em si mesmo - AGOSTINHO.



“O jumento, porém, que abrir a madre, resgatarás com um cordeiro; mas se não quiseres resgatá-lo, quebrar-lhe-ás a cerviz”.

Ex.34:20

Cada criatura primogênita tem de pertencer ao Senhor, mas como o jumento era considerado impróprio, nunca poderia ser apresentado como sacrifício. Que fazer então?


Deve ser permitido a sair em total liberdade e impunidade de toda a lei universal? De jeito nenhum! Deus não permite exceções nenhumas! Todo o jumento é também devedor, mesmo que seja algo que Deus nunca aceitará em Seu altar. Deus não condescenderá mesmo nunca se agradando da vitima. Nenhuma forma de escape foi sugerida, apenas redenção.



A criatura teria de ser redimida por um cordeiro substituto e caso não fosse remida, morreria. Minha alma, eis aqui uma lição de proveito para ti. Esse animal nefasto e impuro és tu. És de todo propriedade exclusiva do Senhor, o Qual te preserva e mantém, mas és pecador diante d’Ele e por essa razão Ele não poderá aceitar-te, nem o fará sob pretexto algum. Foi assim que tudo se deu: o Cordeiro de Deus tem de ser sacrificado em teu lugar, ou a alternativa será morreres eternamente. Que se torne conhecido de todo mundo o quanto estás grato por este Cordeiro Imaculado, o Qual verteu Seu sangue por ti também, retirando de cima de ti toda a maldição da lei.


Acha que nunca foi coisa de passar pela cabeça dum Israelita a razão porque deveria morrer um e nunca o outro? Um homem compassivo não se deteria a pensar na discrepância entre valores de alma, neste caso da do Senhor Jesus que teria necessariamente de vir a morrer como Cordeiro e que o homem besta saísse assim poupado? Minha alma, maravilha-te de tal coisa, de tal amor sem qualquer limite natural para contigo e para com todos os outros da raça humana.


Bicho rastejante que és, foste comprado, resgatado com o sangue precioso do Filho do Altíssimo! Pó e cinza remido por um preço altíssimo, muito mais valioso que ouro e prata. Que perdição haveria de ser a minha, caso esta redenção nunca se tivesse dado! O quebrar de meu pescoço seria a minha penalidade exclusiva, mas quem medirá a ira vindoura para a qual nenhum limite se achará nem imaginará? Inestimável e querido é o Cordeiro glorioso, o Qual nos redimiu de tal perdição como essa!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails