Home | C. H. Spurgeon | Log out

Venha para o Metropolitan Tabernacle

SpurgeonTv

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

A grandeza dAquele que prometeu - C. H. Spurgeon

/ On : 11:01/ SOLA SCRIPTURA - Se você crê somente naquilo que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta, não é no Evangelho que você crê,mas, sim, em si mesmo - AGOSTINHO.

As suas preciosas e mui grandes promessas.
2 Pedro 1.4




De você conhece a preciosidade das promessas de Deus e em seu coração goza dessas promessas, separe tempo para meditar nelas. Há promessas que são como uvas no lagar; se você esmagá-las com o pé, o suco escorrerá. Pensar sobre as sagradas palavras frequentemente constitui um prelúdio ao seu cumprimento. Enquanto medita sobre elas, as bênçãos que procura gradualmente virão até você.


Muitos crentes sedentos pelo cumprimento da promessa perceberam que a busca pela bênção se destilou amavelmente em sua alma, enquanto meditavam nela. Eles se regozijavam, enquanto eram levados a descansar nas promessas que se encontravam bem próximas ao coração deles. Mas, além de meditar nas promessas, receba as mesmas como a própria Palavra de Deus.


Diga à sua alma: "Se eu estivesse lidando com a promessa de um homem, consideraria atentamente as habilidades e o caráter do homem que havia feito uma aliança comigo. Isto também ocorre com as promessas de Deus. Meus olhos não devem permanecer tão fixos na grandeza da misericórdia — que pode me fazer cambalear — como na grandeza dAquele que prometeu — que me alegrará. Ó minha alma, é Deus — o teu Deus, o qual não pode mentir — que fala contigo. Esta promessa dEle que agora está considerando é tão verdadeira quanto a própria existência dEle.

Ele é o Deus imutável. Ele não alterou aquilo que seus lábios proferiram, tampouco anulou qualquer das suas afirmações consoladoras. Não Lhe falta poder. É o Criador dos céus e da terra que faz esta promessa.


Ele não erra em sabedoria quanto ao tempo em que concederá as bênçãos prometidas, porque sabe quando é melhor dá-las e quando é melhor retê-las. Portanto, visto que esta é a palavra de um Deus tão verdadeiro, tão imutável, tão poderoso, tão sábio, tenho de crer, e crerei, na promessa". Se meditamos nas promessas e levamos em consideração Aquele que prometeu, experimentaremos a doçura delas e obteremos o seu cumprimento.

2 comentários:

Antonio Batalha disse...

Irmão vim fazer uma visita ao seu blog, li algumas coisas, e dou graças a Deus pelo seu empenho em proclamar a bendita Palavra. Quero porém deixar algo mais do que um simples comentário. Quero deixar estas palavras: Que escreva sempre com humildade, de todo o coração, e com muito amor, escreva principalmente as verdades vividas na sua vida, porque eu creio que o seu alvo e o meu é sermos úteis, e atingirmos o coração dos que lêem. Aproveito para fazer um convite. gostaria de te-lo como meu amigo virtual na Verdade que Liberta. As minhas saudações em Cristo Jesus.

CECI disse...

O que poderia dizer?Que palavra!!!

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails