Home | C. H. Spurgeon | Log out

Venha para o Metropolitan Tabernacle

SpurgeonTv

terça-feira, 29 de maio de 2012

O maior motivo para a diligência – C. H. Spurgeon

/ On : 09:30/ SOLA SCRIPTURA - Se você crê somente naquilo que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta, não é no Evangelho que você crê,mas, sim, em si mesmo - AGOSTINHO.




"Enquanto é dia, precisamos realizar a obra daquele que me enviou. A noite se aproxima, quando ninguém pode trabalhar" 

(João 9.4).



É a obra de Deus que estamos conclamados a fazer. Olhemos, de novo, o texto. "Preciso realizar a obra daquele que me enviou." Não posso descobrir, no mundo inteiro, maior motivo para a diligência do que este: que a obra que preciso realizar é obra de Deus. Há o caso de Sansão - a força que se acha em Sansão não é dele mesmo, é a força de Deus. Seria este, portanto, um motivo para Sansão ficar deitado inativo, na ociosidade? Pelo contrário, é o sonido poderoso da trombeta que inspira entusiasmo no herói para que ele lute pelo povo de Deus. Se a força de Sansão não é meramente a dos tendões e dos músculos, mas a força que o Onipotente lhe deu, levante-se, Sansão, e que os filisteus sejam derrotados! O quê! Você ousa dormir, tendo o Espírito de Deus sobre você? Levante-se, homem! Se você fosse um israelita comum, ficar dormindo seria traição contra a pátria, mas quando Deus está em você e com você, como pode ficar ocioso? Não, exerça o seu poder e derrote os seus inimigos!



Quando Paulo estava em Corinto, e Deus operou milagres incomuns pelas mãos dele, de modo que lenços do seu uso pessoal curassem os enfermos, seria este um motivo para ele se recolher a um lugar retirado e quieto e nada fazer? Ao contrário, esses milagres devem ser um argumento poderoso para Paulo ir de casa em casa, colocar as mãos em todas as pessoas que estiverem por perto e curar os enfermos. Assim é com você, meu irmão - você tem o poder de realizar milagres. A proclamação do evangelho, acompanhada pelo Espírito de Deus, opera milagres morais e espirituais. Por causa da sua capacidade de operar esses milagres, você deve dizer: "Deus vai realizar a sua própria obra"? Pelo contrário, homem, mas vá para a esquerda e para a direita, a todo tempo e em todos os lugares, e proclame a história que salva almas, e que Deus o favoreça! Justamente porque Deus opera através de você é que você deve se dedicar ao trabalho.


Mesmo um barco pequeno, ao ficar inativo no porto, é uma perda para o seu dono; mas para um grande transatlântico a vapor, com muitas centenas de cavalos-vapor, é intolerável que fique desocupado. Quanto maior a potência disponível, tanto maior deve ser a nossa urgência em aproveitá-la. O poder de Deus que em nós habita é colocado em ação como resposta à fé e à oração, e não vamos nos esforçar para obtê-lo? O fato de ser a obra da igreja a obra de Deus, mais do que a dela, não é motivo para ela se permitir a preguiça. Se ela possuísse somente as suas próprias forças, ela poderia esbanjá-las com menos culpa criminosa; mas estando revestida com a força de Deus, ela não ousa ser retardatária. A mensagem de Deus para ela nesta manhã é: "Desperte! Desperte, ó Sião! Vista-se de força. Vista suas roupas de esplendor, ó Jerusalém, cidade santa" (Is 52.1). Queira Deus que essa mensagem penetre em todo coração, de modo que cada um entre nós se ponha de pé, pois Deus está no nosso meio.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails