Home | C. H. Spurgeon | Log out

Venha para o Metropolitan Tabernacle

SpurgeonTv

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Ah! Maravilhoso mistério! - C. H. Spurgeon

/ On : 12:33/ SOLA SCRIPTURA - Se você crê somente naquilo que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta, não é no Evangelho que você crê,mas, sim, em si mesmo - AGOSTINHO.



"Co-participantes da natureza divina."

2 Pedro 1.4

Ser co-participante da natureza divina não é, naturalmente, tornar-se Deus. Isto não pode ser. A essência da Deidade não deve ter a criatura como participante. Entre a criatura e o Criador deve sempre haver um abismo fixo a respeito da essência; mas, como o primeiro homem, Adão, foi feito à imagem de Deus, assim nós, pela renovação do Espírito Santo, somos, em um sentido, ainda mais divinos: feitos à imagem do Altíssimo e participantes da natureza divina.


Somos, pela graça, feitos como Deus. "Deus é amor"; tornamo-nos amor - "Aquele que ama é nascido de Deus". Deus é verdade; tornamo-nos verdadeiros e amamos o que é verdadeiro. Deus é bom, e fez-nos bons, por sua graça, para que nos tornemos os puros de coração que verão a Deus. Além disso, tornamo-nos participantes da natureza divina, mesmo em sentido mais alto - de fato, no sentido mais elevado que possamos conceber, menos o de ser absolutamente divinos.


Não nos tornamos membros do corpo da pessoa divina de Cristo? Sim, o mesmo sangue que corre na cabeça corre na mão. A mesma vida que vivifica Cristo vivifica seu povo, pois "estais mortos, e vossa vida está escondida com Cristo em Deus". Não, como se isto não fosse suficiente, somos casados com Cristo. Ele desposou-nos em justiça e fidelidade, e aquele que se une ao Senhor é um espírito com Ele. Ah! Maravilhoso mistério! Olhamos para ele, mas quem o compreenderá? Um com Jesus - tão um com Ele que o ramo não é mais um com a videira do que o somos com o Senhor, nosso Salvador e nosso Redentor! Enquanto nos regozijamos nisto, lembremo-nos de que aqueles que são feitos participantes da natureza divina manifestam seu alto e santo relacionamento em seu lidar com os outros, e tornam evidente, pelo seu caminhar e conversação diários, que escaparam da corrupção que há no mundo pela concupiscência. 

Oh! que tenhamos mais santidade divina de vida!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails