Home | C. H. Spurgeon | Log out

Venha para o Metropolitan Tabernacle

SpurgeonTv

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

As maravilhas do Calvário nunca cessam! – C. H. Spurgeon

/ On : 14:25/ SOLA SCRIPTURA - Se você crê somente naquilo que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta, não é no Evangelho que você crê,mas, sim, em si mesmo - AGOSTINHO.



Grandioso Deus, houve um tempo em que nos apavorava pensar em estarmos próximos a ti, pois éramos culpados e estavas irado conosco. Agora, porém, te louvamos porque desviaste a tua ira e nos confortaste. O mesmo trono que era lugar de terror, tornou-se lugar de refúgio. Fujo para ti para me abrigar.

Ansiamos por sair deste mundo, e por esquecê-lo, para ter comunhão com o mundo por vir falando com aquele que era, que é e que há de vir, o Todo-poderoso. Senhor, muitas vezes nos preocupamos e cansamos com inquietações; contigo, porém, essas inquietações se acabam, pois tu dominas sobre tudo e quando vivemos em ti, vivemos em abundância, em repouso seguro, em alegria constante.

Temos de pelejar com os filhos dos homens contra milhões de enganos e injustiças mas, quando nos refugiamos em ti, tudo é verdade e pureza e santidade, e nossos corações alcançam a paz. Acima de tudo, nossa luta é contra nós mesmos, e nos envergonhamos disso. Após tantos anos de grande misericórdia, após experimentarmos os poderes do mundo vindouro, ainda somos tão débeis e tolos; mas quando nos despojamos de nós mesmos e nos enchemos de Deus, tudo o que é verdadeiro, puro e santo passa a nos preencher, e nossos corações encontram paz, sabedoria, plenitude, gozo, alegria e vitória.

Oh, por favor, leva-nos para junto de ti. Deixa-nos mergulhar na comunhão com Deus. Bendito seja o amor que nos escolheu antes mesmo da fundação do mundo. Nossa adoração a ti jamais será suficiente diante da tua soberania, a soberania do amor com que nos enxergaste nas ruínas do pecado e nos amaste mesmo assim.

Louvamos ao Deus da Câmara do Conselho Eterno e da Aliança Perpétua. Onde encontraremos palavras suficientemente adequadas para louvar a ti, que nos deste graça em Cristo, teu Filho, antes de espalhar o firmamento estrelado.

Também bendizemos a ti, ó Deus, como o Deus da nossa redenção, porquanto nos amaste a ponto de dar teu amado Filho por nós. Este se deu a si mesmo, deu sua própria vida por nós para nos redimir de toda iniqüidade e nos separar para si mesmo, para sermos seu povo exclusivo, zeloso de boas obras.

Jamais poderemos louvar suficientemente por essa tua graça e esse amor imortal. As maravilhas do Calvário nunca cessam de ser maravilhas, são cada vez mais maravilhosas aos nossos olhos, quando pensamos em Jesus Cristo que nos lavou os pecados com seu sangue. Tampouco podemos parar de adorar o Deus da nossa regeneração, que nos encontrou mortos e nos deu vida, nos encontrou em inimizade e nos reconciliou, nos achou amando as coisas deste mundo e nos desviou o olhar do egoísmo e do mundanismo para o amor das coisas eternas e divinas.

O Espírito de Deus, nós te amamos especialmente porque tu habitas em nós. Como podes fixar residência numa habitação tão grosseira! Como podes fazer destes corpos teus templos! Por tudo isso, que o teu nome seja reverenciado enquanto vivermos.

O Senhor, gozo infindo encontramos em ti hoje. Dá-nos fé e amor e esperança para que, com essas três graças, nos acheguemos ao Deus Triúno. Guarda-nos, conserva-nos, alimenta-nos, guia-nos, traz-nos à memória de Deus e mostra-nos o teu amor e, na glória eterna e ilimitada, faze-nos conhecer e provar e sentir alegrias indizíveis.

Não tardará muito e atingiremos a praia dourada; um pouco mais de luta e receberemos a coroa da vida, cujo brilho é inextinguível.

Senhor, eleva-nos acima deste mundo. Vem, Santo Espírito, pomba celestial, e leva-nos sobre tuas asas até a eternidade, para bem longe das tristezas e alegrias aqui de baixo. Que possamos subir em contemplação jubilosa, e que nosso espírito volte fortalecido para todo serviço, armado para todas as batalhas, guarnecido para todos os perigos, e pronto para viver o céu aqui na terra, até um dia vivermos no céu. Grandioso Pai, está com o teu povo que espera em ti; dá tua preciosa ajuda aos que enfrentam grande aflição; aos que estão abatidos dá teu incomparável conforto e ânimo; aos que erraram e estão gemendo sob seus pecados, traze-os de volta e sara as suas feridas; aos que hoje mesmo suspiram por santidade, realiza o desejo de seus corações; aos que almejam ser úteis, guia-os para as oportunidades.


Senhor, queremos viver plenamente esta vida. Oramos para que nossa existência terrena não passe em meio a lamentos, nem vivamos como minhocas que voltam rastejando para seus buracos, arrastando consigo folhas secas; pelo contrário, faze-nos viver como devemos viver, com a nova vida que tu puseste dentro de nós, com a energia divinal que nos coloca tanto acima do homem comum, como acima dos animais que perecem.

Não deixa que fiquemos presos como pobres pássaros semi-chocados dentro dos ovos; mas que possamos romper a casca hoje e sair rumo à gloriosa liberdade dos filhos de Deus. Concede-nos isto, te rogamos.


Senhor, visita nossa igreja. Ouvimos tua mensagem à igreja em Éfeso; ela também se aplica a nós. Oh! Não permitas que nenhum de nós abandone o seu primeiro amor. Que nossa igreja não se torne fria e morta. Receamos já não sermos como éramos outrora. Senhor, faz-nos reviver! Todo socorro deve vir de ti. Devolve à igreja seu amor, sua confiança, sua santa ousadia, sua consagração, sua liberalidade, sua santidade. Restaura tudo o que ela sempre teve e acrescenta-lhe ainda mais. Lava os pés de cada membro, amável Senhor, com a maior ternura, e, com pés limpos, põe-nos num caminho limpo, com corações limpos para nos guiar, e abençoa-nos como aprouver a Deus.


Abençoa-nos, Pai nosso, e deixa todas as igrejas de Jesus Cristo usufruírem do mesmo cuidado e ternura. Caminhando entre os candeeiros de ouro, aponta cada pavio e faz com que cada chama, agora enfraquecida, resplandeça gloriosamente por causa do teu cuidado.


Abençoa também os pecadores. Senhor, converte-os. O Deus, salva as pessoas, salva esta imensa cidade, esta cidade perdida, esta cidade adormecida na morte. Ressuscita-a, ressuscita-a de qualquer maneira, para que ela se volte a Deus. Senhor, salva os pecadores de todo o mundo, para que se cumpra a tua palavra preciosa: "Eis que vem com as nuvens." Por que te demoras? O nosso Senhor, não demores. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, glória seja dada para todo o sempre. Amém.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails