Home | C. H. Spurgeon | Log out

Venha para o Metropolitan Tabernacle

SpurgeonTv

sábado, 26 de janeiro de 2013

Você está manifestando a Trindade? – C. H. Spurgeon

/ On : 10:24/ SOLA SCRIPTURA - Se você crê somente naquilo que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta, não é no Evangelho que você crê,mas, sim, em si mesmo - AGOSTINHO.



Amados em Deus Pai.       Judas 1

Santificados em Cristo Jesus.       1 Coríntios 1.2

Em santificação do Espírito.   1 Pedro 1.2


Observe a união das três pessoas divinas em todos os seus atos graciosos. Quão imprudentemente falam aqueles que mostram preferência por uma das Pessoas da Trindade. Eles se referem a Jesus como se Ele fosse a incorporação de tudo o que é amável e gracioso, enquanto consideram o Pai como alguém severamente justo e destituído de amabilidade. Estão igualmente errados aqueles que magnificam de tal modo o decreto do Pai e a expiação realizada pelo Filho, que chegam a menosprezar a atividade do Espírito Santo.


Nos procedimentos da graça, nenhuma das Pessoas da Trindade age à parte das demais. Elas se mostram tão unidas em suas realizações como em sua natureza. Em seu amor para com os eleitos, elas são uma. Nas ações que fluem da grande fonte central, elas ainda permanecem unidas. Em especial, observe esta unidade no que se refere ao assunto da santíficação. Enquanto falamos indubitavelmente sobre a santíficação como obra do Espírito Santo, não consideremos esta obra como algo em que o Pai e o Filho não tomam parte.


É correto falar sobre a santíficação como obra do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Jeová disse: "Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança" (Gênesis 1.26). Por isso, nós "somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas" (Efésios 2.10).


Observe o valor que Deus atribui à santidade prática, desde que as três pessoas da Trindade são representadas como trabalhando juntas para produzir uma igreja "sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante" (Efésios 5.27). Você, seguidor de Cristo, também precisa tributar grande valor à santidade — à pureza de vida e à conversação piedosa. Valorize o sangue de Cristo como o alicerce de sua esperança, e nunca fale afrontosamente da obra do Espírito que o qualifica para a "herança dos santos na luz" (Colossenses 1.12). Comecemos hoje a viver de um modo que manifeste a obra do Deus triúno em nós.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails