Home | C. H. Spurgeon | Log out

Venha para o Metropolitan Tabernacle

SpurgeonTv

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

"Se" - C. H. Spurgeon

/ On : 19:17/ SOLA SCRIPTURA - Se você crê somente naquilo que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta, não é no Evangelho que você crê,mas, sim, em si mesmo - AGOSTINHO.



Se é que já tendes a experiência de que o Senhor é bondoso.

1 Pedro 2.3


“Se" — não se trata de um assunto que se possa ter por certo no que se refere a cada um da raça humana. "Se" — esta palavra nos diz que existe a possibilidade de alguns ainda não haverem provado que o Senhor é bondoso. "Se" — não se trata de misericórdia geral, mas especial; e é necessário perguntar se conhecemos a graça de Deus por experiência íntima. Não há bênção espiritual que não seja um motivo para examinarmos nosso próprio coração. No entanto, embora o provar que o Senhor é bondoso seja um assunto de sincera investigação, realizada sob oração, ninguém deve ficar contente, enquanto houver este "se" no que diz respeito a provar que o Senhor é bondoso.



Uma santa e zelosa desconfiança do "eu" pode levar ao surgimento desse questionamento no coração do crente, mas a permanência dessa dúvida seria algo ruim. Não devemos descansar enquanto não lutarmos desesperadamente para segurarmos o Senhor nos braços da fé, declarando: "Sei em quem tenho crido e estou certo de que ele é poderoso para guardar o meu depósito até aquele Dia" (2 Timóteo 1.12).



Não permita que nada lhe satisfaça, até que, por meio do infalível testemunho do Espírito Santo, falando em seu espírito, você tenha a certeza de que é um verdadeiro filho de Deus (ver Romanos 8.16). Não menospreze isso. Não permita que nenhum "talvez" ou "se" lhe satisfaça a alma. Construa sobre verdades eternas, e construa verdadeiramente. Aproprie-se das "fiéis misericórdias prometidas a Davi" (Isaías 55.3). Lance sua âncora naquilo que está dentro do véu, e cuide para que sua alma esteja ligada à âncora por um cabo que não quebrará. Avance para além desse terrível "se". Não habite mais no deserto de dúvidas e temores. Atravesse o Jordão da desconfiança e entre na Canaã da paz, onde os cananeus ainda permanecem, mas onde a terra não cessa de manar leite e mel (ver Levítico 20.24).

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails