Home | C. H. Spurgeon | Log out

Venha para o Metropolitan Tabernacle

SpurgeonTv

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Que noiva tomarás? | C. H. Spurgeon

/ On : 09:23/ SOLA SCRIPTURA - Se você crê somente naquilo que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta, não é no Evangelho que você crê,mas, sim, em si mesmo - AGOSTINHO.


“E disse Labão: Não se faz assim no nosso lugar, que a menor se dê antes da primogênita.” - Gênesis 29:26


Nós não desculpamos Labão por sua desonestidade, mas queremos aprender com o costume que ele citou como desculpa. Há algumas coisas que devem ser tomados em certa ordem; e se quisermos ganhar a segunda, devemos garantir o que vem em primeiro lugar. O segundo pode ser o mais desejável aos nossos olhos, mas a mais velha deve se casar primeiro segundo o governo do país celestial do qual somos cidadãos agora.


Por exemplo, muitos homens desejam a bela Raquel da alegria e paz, mas eles devem primeiro ser casado com a Lia dos olhos turvos de arrependimento. Todo mundo se apaixona por felicidade, e muitos alegremente servem duas vezes sete anos para apreciá-la. Mas de acordo com a regra do reino do Senhor, temos de estar casado com a Lia da verdadeira santidade, antes da Raquel da verdadeira felicidade poder ser tomada nos braços.


O céu não é o primeiro, mas segundo; e somente perseverando (o que é a marca do homem regenerado de fato) até o fim, pode-se entrar nele.


A cruz deve ser tomada antes que a coroa possa ser usada!

Devemos seguir nosso Senhor em seus sofrimentos ou jamais iremos descansar com Ele na glória.


Caro coração, você é tão vaidoso a ponto de ter esperança de romper essa regra celestial? Você espera por recompensa sem seguir o Mestre na estrada estreita e cheia de espinhos? Jogue fora as expectativas ociosos! Esteja determinado a tomar as coisas difíceis para  o bem do doce amor de Jesus, que retribuirá em gozo e desfrute da glória de tudo que Ele é para sempre.


Nesse espírito, trabalhando e sofrendo por amor desmedido, você vai achar que as raízes amargas crescem doce e que as coisas difíceis crescem fáceis. Como Jacó, seus anos de serviço vão parecer apenas alguns dias, por causa do amor que você tem por Jesus. E quando a desejada hora da festa de casamento chegar, todas as suas dores, sofrimento e serviço serão como se nunca tivessem existido! Uma hora com Jesus irá fazer a reparação para cada segundo de cada ano  de dor e trabalho!

Temos de ser casados com a Lia da santidade verdadeira!



0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails